terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Semana 16 - Os órgãos formados

16 semanas de gravidez

Seu bebê
Na água aquecida da bolsa, seu futuro bebê está se divertindo, dá graciosas cambalhotas, embora você não perceba esses movimentos até lá pela 18ª ou pela 20ª semana. Ele agora pesa 80 g e mede 10 cm e suas células não param de se multiplicar. Todos os órgãos estão a postos e continuam se desenvolvendo. Os ossos se fortificam, já os sistemas circulatório e urinário estão sendo aperfeiçoados. Enquanto o pequeno inspira e expira o líquido amniótico, vai exercitando os pulmões. Prepare-se porque ele vai dobrar de peso e tamanho nos próximos 15 dias.
Sua gravidez
Agora que seu metabolismo já está totalmente adaptado à gravidez, confesse: você deve estar ouvindo muitos elogios. Não é por menos. As mulheres tendem a ficar mais bonitas e radiantes nesta fase da vida. Há uma explicação para isso. Além da felicidade de ser mãe, o aumento do volume de sangue, que chega a ser 50% maior nestes meses, está por trás desse efeito Cinderela, deixando sua pele corada e reluzente. Por isso, continue investindo em alimentos ricos em ferro, que estimularão a produção de glóbulos vermelhos no seu sangue e no do seu filho. Outro nutriente que não pode faltar na sua dieta é o zinco, que manterá seu sistema imunológico - e o do futuro bebê - funcionando a mil. Não se esqueça de se alimentar com calma, pois sua digestão está mais demorada.

Cabelos em transformação

Durante a gravidez, os fios crescem, crescem... e não caem! Saiba o que está por trás desse efeito, que deixa a cabeleira mais volumosa e bonita
012-conteudo_262888
Cabelo reluzente, lindo e volumoso não é vantagem de quem acabou de sair do salão. É sim uma espécie de privilégio natural de muitas grávidas. "A explicação está nos hormônios femininos", revela o dermatologista Valcinir Bedin, presidente da Sociedade Brasileira para Estudos do Cabelo, em São Paulo. Durante a gestação, o estrogênio e a progesterona aumentam na circulação sanguínea e afetam os folículos capilares, causando uma verdadeira revolução no comportamento dos fios. A oleosidade e a queda diminuem, já que estão associadas aos hormônios masculinos e esses, por sua vez, sofrem uma redução. Por isso, nesse período, a mulher tende a ficar com fios mais sadios e bonitos, afirma.
O ciclo de desenvolvimento do cabelo também é afetado ao longo da gravidez (acompanhe no infográfico abaixo). Os fios ficam a maior parte do tempo na fase de crescimento, chamada anágena, conta a dermatologista Lúcia Arruda, do Hospital das Clínicas da Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Isso significa que eles crescem, crescem e não se desprendem do couro cabeludo. Daí, o aspecto volumoso. Só que ele tem os dias contados após o parto.
Ai que pena por ter os dias contados...rsrsrs
O meu cabelo esta lindo e maravilhoso estou amando ele, e percebi q ele cresceu um pouco sim.
breve fotos

Nenhum comentário: